Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
 
Patologia
 
Disciplina: VPT2101 - Patologia Geral
General Pathology

Créditos Aula: 7
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 105 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2021 Desativação:

Objetivos
A disciplina tem o objetivo de proporcionar conhecimentos sobre os mecanismos básicos de resposta celular e tecidual decorrentes de estímulos adversos que ocorrem em todas as doenças levando às alterações estruturais e funcionais que acompanham o desenvolvimento das doenças. Em seu aspecto prático, são ainda oferecidas condições para que o aluno compreenda, reconheça, compare e descreva as principais alterações microscópicas e macroscópicas que acompanham as enfermidades dos animais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3540947 - Bruno Cogliati
1122119 - Frederico Azevedo da Costa Pinto
 
Programa Resumido
O programa abrange tópicos de patologia geral, ou seja, os mecanismos básicos da resposta tecidual nas doenças incluindo o estudo da adaptação, injúria e morte celular, relação hospedeiro-parasito, calcificação tecidual, acúmulos intracitoplasmáticos, distúrbios circulatórios, inflamação aguda e crônica, restituição tecidual, alterações de crescimento e diferenciação, e, por fim, neoplasias e alterações genéticas. Seu conteúdo serve como base e é posteriormente complementado pela disciplina VPT0403 Patologia Animal que aborda de forma sistêmica o desenvolvimento das doenças em diversas espécies animais.
 
 
 
Programa
O ensino da Patologia geral envolve o estudo teórico e prático dos mecanismos básicos de resposta tecidual. O programa do curso teórico se inicia com os conceitos e definições usados em anatomia patológica, tais como patologia, patogenia, virulência e etiologia. O curso aborda também os princípios da relação hospedeiro-parasita, degeneração e morte celular, calcificação tecidual, acúmulos intracitoplasmáticos, distúrbios circulatórios e hemodinâmicos, inflamação aguda e crônica, restituição tecidual, alterações genéticas, alterações de crescimento, diferenciação e neoplasia. 

O curso prático demonstra, no exame microscópico das lesões selecionadas, os fundamentos da resposta tecidual, que para tanto são usados exemplos de processos que ocorreram naturalmente em diferentes espécies animais ou que foram induzidos experimentalmente. São usados exemplos comuns ao homem e aos animais e de importância em saúde pública.
 
 
 
Avaliação
     
Método
1. Conteúdo teórico: duas provas dissertativas do conteúdo programático; 2. Conteúdo prático. duas provas práticas de microscopia. 3. Atividades complementares: participação nas atividades teórico-práticas e práticas, elaboração de relatórios e estudos dirigidos.
Critério
Duas provas teóricas, duas provas práticas e atividades complementares, sendo as provas teóricas e as atividades complementares com peso 1 e as provas práticas com peso 2. A nota final será a média aritmética simples das cinco notas parciais. Media final = [(teorica1)x1 + (teorica2)x1 + (pratica 1)x2 + (pratica2)x2 + (atividades complementares)x1] ÷ 7. Para os alunos que perderem uma das provas teóricas, haverá uma prova substitutiva teórica com a matéria integral do semestre, para a qual o(s) aluno (s) terão que justificar aos responsáveis pela escolaridade.
Norma de Recuperação
A recuperação constará de duas provas a serem realizadas até uma semana antes do término do período de retificação de matrícula (estabelecido anualmente pelo Calendário USP). A média da avaliação final da disciplina entrará no computo da recuperação, sendo: média = média da avaliação final + média da recuperação ÷ 2.
 
Bibliografia
     
1.	Carlton WW, McGavin MD Patologia veterinária especial de Thomson. 2ed. Artmed, Porto Alegre, 1998, 672p.

2.	Gross, TJ, Ihrke, PJ;, Walder, EJ, Affolter, VK Skin diseases of the dog and cat. Clinical amd Histopathologic diagnosis. 2nd Edition. Blackwell Publishing, 2005. 932p.

3.	Jones, TC, Hunt RD, & King NW Veterinary Pathology. 6ed. Lippincott Williams & Wilkins, Philadelphia, EUA, 1997, 1392p.

4.	Jones, TC, Hunt RD, & King NW Patologia Veterinária. Tradução 6ed. Editora Manole.

5.	JUBB, KV; KENNEDY, PC.; PALMER, N. Pathology of domestic animals. 5.ed. Vols. 1,2 e 3.  2007.

6.	McGavin, MD, Zachary, JF Bases da Patologia Veterinária. Tradução da 5ed. Mosby Elsevier, 2013.

7.	Santos, RL, Alessi, AC Patologia Veterinária. Editora Roca, São Paulo, 2011. 892p.
 

Clique para consultar os requisitos para VPT2101

Clique para consultar o oferecimento para VPT2101

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP