Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
 
Patologia
 
Disciplina: VPT2201 - Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária
Pharmacology Applied to Veterinary Medicine

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Proporcionar aos alunos os conhecimentos sobre as características e propriedades farmacológicas dos medicamentos usados no tratamento, controle, diagnóstico e prevenção das doenças dos animais. Capacitar os alunos para a tomada de decisões frente ao uso de medicamentos em animais de companhia e de produção. Conhecer a legislação brasileira dos medicamentos empregados em Medicina Veterinária.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
478132 - Cristina de Oliveira Massoco Salles Gomes
86240 - Luciano Freitas Felicio
 
Programa Resumido
Prescrição e legislação brasileira dos medicamentos. Farmacologia aplicada do sistema nervoso central. Farmacologia aplicada do sistema cardiovascular e renal. Farmacologia aplicada do sistema respiratório. Farmacologia aplicada do sistema endócrino: hipoglicemiantes. Farmacologia aplicada ao sistema reprodutor. Farmacologia aplicada do sistema digestório. Anti-inflamatórios esteroidais e não-esteroidais. Agentes antineoplásicos e imunomoduladores. Antimicrobianos. Antiparasitários. Agentes que alteram a produção animal.
 
 
 
Programa
Prescrição e legislação brasileira dos medicamentos. Farmacologia aplicada ao sistema nervoso central: neurotransmissão central; tranquilizantes; pré-anestésicos; relaxantes musculares de ação central; anticonvulsivantes; hipnoanalgésicos. Farmacologia aplicada ao sistema cardiovascular e renal: digitálicos, antiarrítmicos, vasodilatadores e diuréticos. Farmacologia aplicada do sistema respiratório: expectorantes reflexos e inalantes, antitussígenos, broncodilatadores e descongestionantes. Farmacologia aplicada ao sistema endócrino: hipoglicemiantes. Farmacologia aplicada ao sistema reprodutor: ocitócicos e tocolíticos. Farmacologia aplicada do sistema digestório: amargos; demulcentes, protetores de mucosa; adsorventes; adstringentes; carminativos e antiespumantes; antifermentativos; antiácidos; bloqueadores de secreção de ácido clorídrico; eméticos; antieméticos; antidiarréicos; catárticos; hepatoprotetores. Anti-inflamatórios esteroidais e não-esteroidais. Agentes antineoplásicos e imunomoduladores. Antimicrobianos: antissépticos e desinfetantes; antibacterianos, antifúngicos e antivirais. Antiparasitários: anticestódeos, antitrematódeos, antinematódeos, antiprotozoários, agentes empregados no controle de ectoparasitos. Agentes que alteram a produção animal: anabolizantes, agonista de receptores beta-adrenérgicos, somatotropina bovina, antimicrobianos, próbioticos, prebióticos, sintobióticos e abióticos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas, teórico-práticas e práticas. Participação ativa nas atividades teórico-práticas e práticas, elaborando relatórios, discutindo e apresentados os resultados obtidos. Discussão de casos clínicos. Elaboração de blog temático. Gincana farmacológica. Seminários. Estudos dirigidos (via web-tidia). Elaboração de prescrição.
Critério
A média final será obtida da seguinte forma: - 1ª Prova - peso 3 - 2ª Prova - peso 4 - Avaliações da participação nas aulas teórico-práticas e práticas, bem como das demais atividades - peso 3
Norma de Recuperação
A recuperação constará de duas provas a serem realizadas até uma semana antes do término do período de retificação de matrícula (estabelecido anualmente pelo Calendário USP). A média da avaliação final da disciplina entrará no computo da recuperação, sendo: média = média da avaliação final + média da recuperação ÷ 2.
 
Bibliografia
     
1.	Adams, H.R. Farmacologia e Terapêutica em Veterinária. 8 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2003.
2.	Boothe, D.M. Small animal. Clinical paharmacology & therapeutics. St. Louis, Elsevier, 2012.
3.	Fantoni, D.T.; Cortopassi, S.R.G. Anestesia em cães e gatos. 2ed. São Paulo, Roca, 2010.
4.	Giguere, S,; Prescott, J.F.; Baggot, J.D.; Walter, R.D.; Douling, P.M. Terapia antimicrobiana em medicina veterinária. São Paulo, Roca, 2010.
5.	Guardabassi, L.; Jensen, L.B.; Kruse, H. Guia de antimicrobianos em veterinária. Porto Alegre, Artmed, 2010. 
6.	Maddison, J.E.; Page, S.W.; Church, D. Small clinical pharmacology. London, Saunders. 2002.
7.	Massone, F.L. Anestesiologia veterinária. Farmacologia e técnicas. 5.ed., Rio de Janeiro, Editora Guanabara, 2008.
8.	Palermo-Neto, J.; Spinosa, H.S.; Górniak, S.L. Farmacologia aplicada à avicultura. Boas práticas no manejo de medicamentos. São Paulo, Roca, 2005.
9.	Papich, M.G. Manual terapêutico veterinário. São Paulo, MedVet, 2009.
10.	Plumb, D.C. Veterinary drug handbook. 4.ed. Minnesota, Blackwell Publishing, 2002.
11.	Riviere, J.E.; Papich, M.G. Veterinary pharmacology & therapeutics. 9 ed. Ames, Blackwell, 2009.
12.	Spinosa, H.S.; Górniak, S.L.; Bernardi, M..M. Farmacologia aplicada à medicina veterinária. 5.ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2011.
13.	Spinosa, H.S.; Górniak, S.L; Palermo-Neto, J. Medicamentos em animais de Produção. São Paulo, Roca, 2014. 
14.	Webster, C.R.L. Farmacologia clínica em medicina veterinária. São Paulo, Roca. 2005. Rio de Janeiro, 2006.
 

Clique para consultar os requisitos para VPT2201

Clique para consultar o oferecimento para VPT2201

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP