Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Biociências
 
Genética e Biologia Evolutiva
 
Disciplina: BIO0410 - A Origem das Espécies, de Charles Darwin
Charles Darwin's Origin of Species

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 45 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2021 Desativação:

Objetivos
Analisar e discutir diacronicamente o livro A origem das espécies de Charles Darwin, discriminando os aspectos que são aceitos hoje e os que foram descartados nas formulações posteriores da teoria evolutiva. Utilizar a metodologia de pesquisa em história da ciência, mediante análise de fontes primárias e secundárias. Discutir o ensino de evolução e o papel da História da Ciência na formação de cientistas e professores de ciências e biologia.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3076161 - Lilian Al-chueyr Pereira Martins
1452726 - Maria Elice de Brzezinski Prestes
 
Programa Resumido
Ensino de evolução. Ideias precedentes sobre a transformação das espécies. A viagem de Darwin no Beagle. Fontes de Darwin. Os primeiros escritos de Darwin. As teorias de Darwin sobre a evolução e a herança em “A origem das espécies” e outras obras. O pós-Darwin. Metodologia de estudos em História da Ciência e debates historiográficos. Aplicações contextuais da História da Ciência no Ensino de Ciências e Biologia.
 
 
 
Programa
Ensino de evolução. Ideias precedentes sobre a transformação das espécies: Buffon, Erasmus Darwin, Lamarck, Chambers. A viagem de Darwin no Beagle. Fontes de Darwin: Lyell, Malthus, Paley, Humboldt. Os primeiros escritos de Darwin: “Notebooks B, C, D, and E (1837-1839)” e os “Essays” (1842 e 1844). As teorias de Darwin sobre a origem das espécies e a herança em “A origem das espécies”, “The variations of animals and plants under domestication” e “A expressão das emoções no homem e nos animais”. O conceito de seleção natural de Alfred Russel Wallace. O pós-Darwin: debates entre os evolucionistas no final do século XIX. Metodologia de pesquisa em História da Ciência e debates historiográficos. Aplicações contextuais da História da Ciência no Ensino de Ciências e Biologia: estudos de caso sobre as ideias de Darwin na sala de aula.
 
 
 
Avaliação
     
Método
1) Portfolios de 2 páginas – entrega no início de 10 dentre as 15 aulas do curso. 2) Um ensaio final de 5-8 páginas (temas: Ideias precedentes sobre a transformação das espécies, A viagem no Beagle, As leituras de Darwin, Os primeiros escritos de Darwin, Darwin nos debates historiográficos, Pós-Darwin) – entrega na última aula do curso.
Critério
Média simples dos instrumentos de avaliação. Cada portfolio e ensaio deve versar sobre um tópico do curso, abordando um problema ou conceito isolado, que deve ser explicado, desenvolvido e/ou solucionado; o ensaio deve tratar das fontes primárias e pode ser orientado por questões discutidas nas fontes secundárias da bibliografia do curso. Todos os textos entregues serão também avaliados pelo uso da norma culta da língua portuguesa. Obs.: Todas as aulas exigem carga significativa de leitura prévia obrigatória, para a qual foram designados 2 créditos trabalho.
Norma de Recuperação
Prova com questões abertas, dissertativas.
 
Bibliografia
     
Bizzo, Nelio M. V. Darwin: do telhado das Américas à teoria da evolução. São Paulo: Odysseus, 2002. Bowler, Peter. Evolution: The History of an Idea. Berkeley: University of California Press, 2003. Browne, Janet. A Origem das Espécies de Darwin. Rio de Janeiro: Zahar. Darwin, Charles. Narrative of the Surveying Voyages of his Majesty’s Ships Adventure and Beagle, between the years 1826 and 1836. London: Henry Colburn, 1839. ______. Beagle Diary (1831-1836). Edited by Richard Darwin Keynes. Cambridge: Cambridge University Press, 2001. ______. The origin of species. London: John Murray, 1859. ______. A origem das espécies [1859]. Trad. Daniel Moreira Miranda. Revisão Técnica Nelio Bizzo. São Paulo: Edipro, 2018. ______. A origem das espécies [1859]. Trad. Pedro Paulo Pimenta. São Paulo: Ubu, 2018. ______. Pangenesis. Nature, 3: 502, 1871. ______. A expressão das emoções no homem e nos animais [1872]. Trad. Leon de Souza Lobo Garcia. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. ______. The variation of animals and plants under domestication. 2nd ed. London: John Murray, 1875. 2 vols. ______. The foundations of the Origin of species: two essays written in 1842 and 1844, edited by his son, Francis Darwin. Cambridge: The Cambridge University Press, 1909. ______. The autobiography of Charles Darwin 1809-1882. With original omissions restored. Edited with Appendix and Notes by his grand-daughter Nora Barlow. New York: W. W. Norton, 2005. ______. The Transmutation Notebooks B, C, D, E (1837-1839). http://darwin-online.org.uk/EditorialIntroductions/vanWyhe_notebooks.html Desmond, Adrian; Moore, James. Darwin: a vida de um naturalista atormentado. Tradução de Cynthia Azevedo. São Paulo: Geração, 2000. Garcia, Othon M. Comunicação em Prosa Moderna. Atualizada com a Nova Ortografia. 26ª ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, Gliboff, Sander. H. G. Bronn, Ernst Haeckel, and the origins of German Darwinism: a study in translation and transformation. Cambridge: The Mit Press, 2008. Hodge, Jonathan. Darwin’s book: On the origin of species. Science & Education, 22: 2267-2294, 2013. Hodge, Jonathan; Radick, Gregory (Eds.). Cambridge Companion to Darwin. Cambridge: Cambridge University Press, 2009. Hume, David. Dialogues concerning natural religion [1757]. New York: Hafner, 1966. Lyell, Charles. Principles of Geology. Vol. 2. London: John Murray, 1832. Martins, Lilian Al-Chueyr Pereira. A teoria da progressão dos animais de Lamarck. Rio de Janeiro: Booklink, 2007. _____. A herança de caracteres adquiridos nas teorias evolutivas do século XIX, duas possibilidades: Lamarck e Darwin. Filosofia e História da Biologia, 10 (1): 67-84, 2015. MARTINS, Roberto de Andrade. Os experimentos de Brown-Séquard e a herança de caracteres adquiridos por acidente, na segunda metade do século XIX. Filosofia e História da Biologia, 3: 347-376, 2008. ______. August Weismann, Charles Brown-Séquard e a controvérsia sobre herança de caracteres adquiridos no final do século XIX. Filosofia e História da Biologia, 5 (1): 141-176, 2010. ______. George John Romanes and the struggle for Darwin’s mantle. Containing Romanes’ 1886 article on Physiological Selection. E-book. Privatus Typus, 2017. Mayr, Ernst. The growth of biological thought: diversity, evolution and inheritance. Cambridge, MA: Belknap, 1982. Paley, William. Natural Theology [1802]. Oxford: Oxford University Press, 2006. Regner, Anna Carolina P. K. O conceito de natureza em A Origem das Espécies. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. VIII, n.3, p. 689-712, 2001. ______. A teoria darwiniana da seleção natural sem a leitura de Malthus. Pp. 48-64, in: Martins, Roberto de Andrade; Martins, Lilian Al-Chueyr Pereira; Silva, Cibelle Celestino; Ferreira, Juliana Mesquita Hidalgo. (Orgs.). Filosofia e História da Ciência no Cone Sul. 3o. Encontro. Campinas: Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2008. ______. Experimento, observação e imaginação em Charles Darwin. Pp. 351-377, in: Alfonso-Goldfarb, Ana Maria; Beltran, M.H.R.. (Org.). O saber fazer e seus muitos saberes: experimentos, experiências e experimentações. São Paulo: EDUC-PUCSP; Livraria da Física; FAPESP, 2006. ______. A polêmica Darwin versus Mivart: uma lição em refutar objeções. Pp. 55-90, in: Prestes, Maria Elice Brzezinsk; Martins, Lilian Al-Chueyr P.; Stefano, Waldir. (Org.). Filosofia e História da Biologia I. São Paulo: Fundo Mackenzie de Pesquisa, 2006. ______. The Structure of the Darwinian Argument in The Origin of Species. Pp. 302-328, in: Lorenzano, Pablo; Rheinberger, Hanz-Jorgen; Ortiz, E: Galles, C. D.. (Orgs.). History and Philosophy of Science, vol. 1 - Encyclopedia of Life Support Systems. Oxford: EOLSS Publishers/UNESCO, 2010. Richards, Robert. The meaning of evolution: the morphological construction and ideological reconstruction of Darwin's theory. Chicago, Chicago University Press, 1992. ______. The romantic conception of life: science and philosophy in the age of Goethe. Chicago, Chicago University Press, 2002. Richards, Robert; Ruse, Michael. Debating Darwin. Chicago: Chicago University Press, 2016. Ruse, Michael. Teaching the classics: The Origin of species as a case study. Science & Education, 22: 2255-2265, 2013. Ruse, Michael; Richards, Robert. Cambridge Companion to the “Origin of Species”. Cambridge: Cambridge University Press, 2009.
 

Clique para consultar os requisitos para BIO0410

Clique para consultar o oferecimento para BIO0410

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP